Mina Paik é diretora de marketing de portfólio da divisão Blue Planet da Ciena. Com mais de 20 anos de experiência em marketing e gerenciamento de produtos, ela trabalhou em algumas das empresas mais importantes do mundo na área de redes de telecomunicações.

 

A maioria de nós sabe que a análise de dados não é um conceito novo.  O Analytics, que envolve a "descoberta, interpretação e comunicação de padrões significativos nos dados" existe há mais de 20 anos. Hoje, você encontra dezenas de casos na internet sobre empresas usando a análise de dados para melhorar consideravelmente os resultados de negócios, bem como a fidelidade dos clientes.

A Burberry, uma empresa que é líder no setor da moda, por exemplo, usa tags de identificação por radiofrequência nas lojas para criar perfis de clientes, monitorando o que eles experimentam durante as compras. O objetivo é conhecer os padrões de comportamento dos clientes para criar experiências mais personalizadas.

A CVS Health, uma empresa farmacêutica e de serviços de saúde muito conhecida, é outro bom exemplo. Ela implementou o que é chamado de "encaminhamento comportamental preditivo", no qual os clientes que ligam para os call centers são atendidos pelos agentes que podem interagir melhor com eles, de acordo com os padrões de conversa do autor da chamada. Essa combinação entre clientes e agentes baseada em dados teve resultados significativamente melhores e tempos de chamada reduzidos.

A importância do Analytics para as operadoras de rede

Para os provedores de serviços e outras operadoras de rede, o valor da análise de dados aplicada às redes não é diferente. Conforme terabits de dados são transportados através de suas redes, tendências e padrões podem ser detectados. Se decifrados com precisão, eles podem ajudar a otimizar vários aspectos dos negócios e das operações – como aprimorar as experiências dos clientes, aumentar a eficiência, reduzir os custos, melhorar o gerenciamento de SLA e aumentar a precisão nas previsões dos negócios e necessidades de recursos. 

Mas o valor da análise da rede depende da sua capacidade de coletar, centralizar e interpretar os dados. Com o aumento da escala e da complexidade do ecossistema de serviços de rede de hoje, revelar as informações ocultas da sua rede é mais difícil do que nunca. O Blue Planet atendeu a essas necessidades integrando capacidades avançadas de análise como uma evolução estratégica e extensão do nosso pacote de software premiado – apresentado hoje como o Blue Planet Analytics (BPA).

Blue Planet: Abertura com Analytics

Como nosso CEO Gary Smith observou, “as tecnologias que permitem o maior grau de escolha para os clientes são as que vencerão”. A escolha real e a flexibilidade permitem aos nossos clientes inovar rapidamente e enfrentar os desafios de transformação da rede usando as tecnologias que melhor atendam às necessidades exclusivas dos seus negócios. Os provedores de serviços e outras operadoras de rede que implementaram o Blue Planet já colheram os benefícios de uma solução verdadeiramente aberta e independente de fornecedor, que adota uma abordagem colaborativa para superar seus desafios. O BPA foi projetado com essa mesma filosofia diretiva em mente.

Veja abaixo alguns dos principais destaques da nossa nova plataforma Blue Planet Analytics:

1) O BPA é baseado no design aberto e na arquitetura baseada em microsserviços da Blue Planet, e aproveita a comprovada tecnologia Blue Planet Resource Adapter (RA) para coletar dados de qualquer fonte na rede, incluindo vários fornecedores de rede, camadas e domínios físicos ou virtuais.

2) O BPA consiste de duas partes — uma estrutura de software robusta e flexível responsável pela coleta e normalização dos dados coletados em toda a rede, além de aplicativos avançados de análise de camada superior projetados para funcionar com a estrutura na abordagem de questões corporativas ou operacionais específicas. Essa separação permite que as operadoras mantenham o foco na lógica dos negócios em vez se concentrar nas preocupações com infraestrutura.

3) O aplicativo de análise inicial lançado com o BPA é o Network Health Predictor, que garante uma rede proativa, prevendo de forma inteligente a probabilidade de falhas nas camadas ótica, de Ethernet e IP antes que afetem os clientes finais.

4) O BPA usa avançadas inovações no aprendizado de máquina para fornecer aos aplicativos de análise os dados mais importantes e relevantes.

5) Ao usar o BPA, as operadoras de rede podem implementar rapidamente um controle de rede inteligente baseado em dados através da integração com sistemas acionáveis como o Blue Planet Multi-Domain Service Orchestration ou sistemas deterceiros.

6) Quando combinado com orquestração, política e controle, o BPA abre um caminho em direção às redes autônomas do futuro. A automação inteligente está se tornando um requisito fundamental com o surgimento da IoT e da necessidade de comunicação entre máquinas.

7) Corroborando nosso compromisso de proporcionar escolha e flexibilidade aos nossos clientes, os Serviços especializados Ciena oferecem serviços de analytics disponíveis hoje, incluindo o analytics "como um serviço" para quem desejar utilizar nossos Serviços especializados de alto nível para aproveitar os benefícios da análise de big data. Esse conjunto inicial de serviços inclui serviços de integridade da rede, descoberta de topologia e correlação de alarme, todos aproveitando os dados da rede dos clientes, o aprendizado de máquina, a estrutura Blue Planet Analytics e a expertise na ciência dos dados para fornecer informações valiosas sobre a operação da rede. Os Serviços especializados Ciena também proporcionam aplicativos personalizados para atender a requisitos específicos.

Como extensões da suite de software Blue Planet, o Blue Planet Analytics e o Network Health Predictor são aprimorados por um ambiente de desenvolvimento colaborativo, no qual os provedores de serviços e o ecossistema de parceiros podem compartilhar recursos, ideias, e know-how para ajudar a superar os desafios mais difíceis de transformação da rede e atender às necessidades dos clientes. 

Interessado em desenvolver novos aplicativos de análise de dados que mostrem sua expertise no assunto?

Os clientes e parceiros do ecossistema da Blue Planet também são incentivados a participar da Comunidade Blue Planet e da DevOps Exchange para conhecer em primeira mão o significado do verdadeiro suporte colaborativo e da abertura para acelerar a transformação da rede nesta era digital.