No início desta semana, a Telefónica anunciou a conclusão bem-sucedida de uma experiência com validação de conceito acerca da interoperabilidade da SDN de vários fornecedores e vários domínios realizada na sede em Madri. A Telefónica utilizou seu orquestrador/controlador ABNO (Application Based Network Operations) baseado no IETF para demonstrar como é possível criar novos serviços mais rapidamente em redes de transporte óptico de vários fornecedores usando uma arquitetura SDN de controle hierárquico. Essa experiência sinaliza a fase seguinte do surgimento da SDN em aplicações do mundo real, despertando novidades para as operadoras de rede que cobrem várias regiões e fornecedores.

Com o controle híbrido e a simplificação da rede SDN, a Telefónica pôde orquestrar domínios utilizando planos de controle centralizados e distribuídos. Isso, por sua vez, permitiu o cálculo otimizado de caminhos, além de minimizar a utilização dos recursos da rede e fornecer maior escalabilidade com um processo de restauração de serviços mais eficiente.

“Redes Definidas por Software permitem que as operadoras otimizem a utilização da rede bem como reduzam nossos custos operacionais,” afirmou Javier Gavilán, diretor de planejamento e tecnologia para Transporte, Núcleo, Plataformas e Dispositivos Móveis da Telefónica. “A Telefónica demonstra seu interesse em tecnologias SDN/NFV como forma de evoluir nossas redes para as demandas futuras. Precisamos impulsionar o setor para que tenha soluções padrão, o que permite interoperabilidade entre nossos fornecedores.”

 

O envolvimento da Ciena na experiência com validação de conceito

A Ciena demonstrou como seu software SDN se comunica de forma fácil e aberta com controladores de terceiros gerenciados pela Telefónica de modo a permitir a criação rápida de serviços em um sistema de controle composto. O Multilayer WAN Controller da Ciena recebeu solicitações do orquestrador ABNO e usou seu mecanismo de computação de caminhos multicamada, o Navigate, para calcular um caminho ótimo na 5430 Packet-Optical Platform. Usando uma interface aberta para o 5430 para solicitar o OneConnect Intelligent Control Plane, ele indicou a conexão com vários saltos e possibilitou a restauração dinâmica para o caso de falhas na rede.

Utilizando a tecnologia da virtualização, as operadoras podem transformar suas redes em plataformas de entrega de aplicativos, conteúdo e serviços sob demanda. “Essa experiência demonstra que, com soluções SDN cooperativas, modulares e verdadeiramente abertas, operadoras de rede como a Telefónica podem simplificar as operações de rede em cenários do mundo real que envolvam vários fornecedores e regiões,” constatou Steve Alexander, SVP e CTO da Ciena.

As operadoras de rede estão sempre à procura de novos meios de inovar e diferenciar suas ofertas de serviço em um ambiente cada vez mais dinâmico. “A Telefónica é líder em inovação,” afirma Alexander, “e essas experiências demonstram como a SDN possibilita a criação rápida de serviços em redes de transporte óptico de vários fornecedores.”

Para obter mais informações sobre essa experiência, consulte aqui o anúncio completo (pdf).