Nas principais regiões metropolitanas e nas cidades menores, os governos estão considerando adotar a SDN (rede definida por software) e a NFV (Virtualização de funções da rede) para fornecer a agilidade e a flexibilidade necessárias à adoção de tecnologias "inteligentes", que melhoram a qualidade de vida, a operatividade e a sustentabilidade das cidades. SDN e NFV reduzem os requisitos de hardware, energia e espaço, e oferecem às cidades de todos os tamanhos a agilidade e escalabilidade para abordar as necessidades e as tendências do futuro.