As concessionárias privadas de serviços públicos estão enfrentando um desafio e recebendo uma oportunidade em relação à rede: elas devem evoluir para longe de suas redes desatualizadas de Multiplexão por divisdão de tempo (TDM - Time Division Multiplexer), que não são mais sustentáveis, e migrar para sistemas modernos que usam tecnologias de roteamento e comutação. Felizmente, a concessionária de serviços públicos pode fazer essa transição de maneira simples e conveniente. Depois que a rede estiver definida, o serviço público também usa a infraestrutura  para oferecer novos serviços de banda larga móvel de alta disponibilidade capazes de gerar receita para a base de clientes.