Cada região ao redor do mundo é única e algo que funciona em um lugar pode não funcionar em outro. Atualmente, apesar das particularidades de cada região, incluindo a América Latina, muitas tendências são de fato globais e afetarão as regiões da mesma maneira, mesmo que em tempos diferentes.

Com as transformações da rede acontecendo em toda a região, assim como no resto do mundo, uma coisa é muito clara: os modelos atuais de operação não serão efetivos no futuro. Há muita discussão sobre a melhor maneira de levar o desempenho da rede para o próximo nível, e é por isso que a Ciena está defendendo nossa visão de Adaptive Network, uma abordagem completamente nova que enxerga as redes se transformando em um ambiente dinâmico e programável baseado em ferramentas de análise e inteligência, uma visão radicalmente diferente dos atuais modelos de rede estática.

Há uma variedade de tendências convergindo e impulsionando a Adaptive Network. Na verdade, se observamos essas tendências, nos damos conta que elas não estão apenas impulsionando a necessidade de uma transformação, mas tornando-a obrigatória.

A convergência de telecomunicações e TI

Os mundos de TI e das telecomunicações estão convergindo. A mudança para a tecnologia digital foi o principal motivador que os colocou juntos sobre as mesmas redes. Então, com o tempo, é lógico que a convergência não somente continuará, mas se tornará ainda mais acentuada.

A virtualização também está desempenhando um papel fundamental nessa transformação, e a Adaptive Network, com sua infraestrutura programável, análise, inteligência e seu controle e automação por software, permite uma comunicação contínua que transmite informações dos elementos da rede, instrumentos, usuários e aplicativos para uma camada de software que revisa, analisa e toma ações, sem desacelerar a própria rede.

A evolução para redes 5G

Assim como aconteceu com as redes sem fios anteriores, a parte wireless não se limita apenas ao segmento entre o terminal e a antena, mas também a rede fixa que conecta as estações rádio base com as redes core e todo o seu conteúdo. Na verdade, você não pode ter wireless, sem uma conectividade de rede fixa. Com a chegada do 5G na região nos próximos anos, as redes fixas serão profundamente afetadas. Os consumidores poderão fazer o download em velocidades anteriormente inimagináveis, com latência mínima inigualável e essas redes fixas precisarão estar aptas para atender aos mais exigentes requisitos dos serviços. As redes ópticas de pacotes da Ciena baseadas em fibra estarão lá para dar suporte aos serviços 5G e suas necessidades de alta capacidade, densidade, velocidade e latência, servindo como um link essencial entre as redes de acesso de rádio, o core de pacote virtualizado e os data centers.

Data centers em toda parte

Falando de data centers, eles serão mais críticos do que nunca. Os data centers estarão em toda parte e cada um deles demandará uma rede flexível, resiliente e segura. As tecnologias de interconexão para data centers da Ciena funcionam perfeitamente para conectar data centers geograficamente dispersos e permitir o trânsito suave de ativos críticos sobre distâncias curtas, médias e longas, com taxas bem superiores aos 400G atualmente disponíveis por canal.

Adaptive Network

Como as operadoras de rede atenderão às demandas desse novo mundo 5G super rápido, hiperconectado e densamente povoado por data centers? Com a Adaptive Network. Com a utilização de políticas baseadas em intenção projetadas pelas operadoras, e enriquecidos com big e small data através de telemetria, eventos e solicitações, as redes serão capazes de se adaptar às condições que mudam rapidamente. A Adaptive Network é em essência controle e automação por software, análise e inteligência e infraestrutura programável.

A importância de tudo isso na América Latina

Os relacionamentos são um ativo fundamental em nossa região e buscamos parcerias com provedores para chegar à melhor solução que endereçe os desafios reais da rede. Acima de tudo, seguimos o princípio orientador da Ciena: abertura. Trabalhamos em harmonia com outros fornecedores onde e quando nossos clientes precisarem. Não procuramos nos apropriarmos de todos os negócios entre os usuários e a fibra; para nós, trata-se de oferecer a melhor tecnologia e dar aos nossos clientes a opção de escolher.

Vivemos em um mercado muito competitivo, portanto, em todas as nossas interações comerciais, incentivamos nossos clientes a escolherem a melhor tecnologia pois acreditamos ser a única forma lógica de criar uma vantagem competitiva. E, em seguida, ajudaremos a conectar tudo isso, assim como usualmente temos feito em todos os principais projetos regionais nos quais participamos.

À medida que navegamos pelas águas incertas do futuro, sabemos que a visão da Adaptive Network ajudará a manter a comunidade das operadoras de rede da América Latina a se manterem ativas, competitivas e na vanguarda. Estamos sintonizados com as necessidades da comunidade de provedores de serviços e, talvez mais importante, com as necessidades de seus clientes finais.

É um momento excitante para estar na região. E a equipe da Ciena na América Latina está pronta para ajudá-lo a tornar a visão da Adaptive Network uma realidade para sua empresa e seus clientes.

Leia mais sobre a visão da Adaptive Network da Ciena aqui.