Como a óptica coerente ajuda as MSOs a cabo a lidar com os seus desafios de negócios das redes?

Fernando Villarruel: As MSOs precisam criar uma base para as redes que forneça a capacidade necessária, propicie eficiência operacional e economia significativas e coloque seus negócios em condições para o crescimento futuro.  Esse crescimento inclui o suporte de largura de banda simétrica para a evolução de núcleos de pacotes para nuvem e a agregação de vários fluxos de receita como redes móveis, serviços corporativos e IoT.

A óptica coerente facilita o crescimento por permitir escalabilidade massiva e maximiza o desempenho da rede, usando menos componentes, reduzindo custos de equipamentos e o tempo e esforços de gerenciamento da rede. Com esses benefícios operacionais e de custo, as MSOs serão mais competitivas, pois poderão se concentrar mais em oferecer uma experiência do cliente atraente e diferenciada.

Como a óptica coerente otimiza a capacidade e o desempenho? 

A óptica coerente emprega uma técnica conhecida na comunidade de radiofrequência a cabo (QAM), mas em óptica.  Essa tecnologia usa um esquema sofisticado de modulação baseado em símbolos com maior transmissão para aproveitar com eficiência o espectro óptico disponível, de modo que as MSOs possam otimizar a capacidade e alcançar um determinado link. Com o WaveLogic 5, anunciado recentemente pela Ciena, poderemos dar suporte a 800 Gb/s em um comprimento de onda, para transporte, e até 200 Gb/s em um comprimento de onda coerente conectável, no acesso.

A tecnologia coerente usa técnicas de codificação avançadas para transmitir sinais por distâncias mais longas, aumentar a capacidade por onda e melhorar a eficiência espectral. Usando um modem coerente programável e altamente instrumentado e hardware fotônico com aplicativos de software avançados, o Liquid Spectrum da Ciena muda essencialmente o paradigma operacional de transporte óptico, que sai de uma abordagem estática e padronizada para se tornar escalável, aberta e programável que oferece o desempenho de serviço necessário a qualquer momento.

Especificamente, a tecnologia coerente da Ciena fornece informações de monitoramento do link, obtidas do machine learning, com as quais os engenheiros percebem a largura de banda potencial possível em um determinado caminho para aproveitar ao máximo os ativos de fibra implantados. Com o WaveLogic 5 Extreme da Ciena, por exemplo, os engenheiros podem ajustar a capacidade de comprimento de onda de 200G para 800G em incrementos de 50G. Com a solução de melhor desempenho do setor, os engenheiros podem implementar 400 Gb/s em qualquer caminho na rede, provisionar 600 Gb/s e 650 Gb/s para distâncias metropolitanas/regionais e alcançar 800 Gb/s em aplicações de menor distância.

Como as tecnologias coerentes estão sendo aplicadas nos sistemas de rede de cabos?

As MSOs a cabo estão projetando o uso de óptica coerente para otimizar o desempenho dos sistemas de transporte entre headends e hubs, e links de agregação para agregadores de nós de fibra digital. Existem duas soluções para lidar com os desafios de escala, custo e eficiência da rede. Os links entre headends e hubs (locais centrais) apresentam as maiores exigências de rede porque precisam transportar grandes volumes de dados, e as demandas de dados são crescentes. A rede entre headends e locais centrais é um ótimo caso de uso do WaveLogic 5 Extreme da Ciena. A solução óptica coerente de alta capacidade pode ser implantada em sistemas de transporte fotônicos para fornecer capacidade de 200G a 800G em um único comprimento de onda, oferecendo a melhor escala e capacidade programável em incrementos de 50G.

Mas a largura de banda não para no headend ou nos locais centrais. Na verdade, o estágio principal da agregação pode se dar mais próximo aos clientes para agregar nós coaxiais e dispositivos PHY/MACPHY remotos usados em uma arquitetura DAA ou Fiber Deep, ou dispositivos ONT/ONU usados para habilitar fibra para residência (FTTH). O WaveLogic 5 Nano da Ciena, projetado para esses casos de uso, permite que a óptica coerente forneça de 100G a 200G em um formato CFP2-DCO de espaço otimizado e baixo uso de energia combinado com a tecnologia baseada em pacotes e adequado para infraestruturas externas, como os gabinetes externos. Com essa capacidade, as MSOs não terão problemas para fornecer aplicações de 10 GbE, 25 GbE e 100 GbE de alta capacidade.

O que é CIN e como ela usa a óptica coerente?

A rede de interconexão convergente (CIN) é uma rede de camada inferior baseada em pacotes usada para conectar dispositivos PHY/MACPHY remotos ou dispositivos ONU/ONT. Essa camada inferior pode dar suporte a várias arquiteturas, incluindo backhaul móvel e banda larga, e a vários serviços, de DOCSIS a vídeos, 4G, 5G e corporativos.

A CIN usa a óptica coerente para escalar a rede e enviar mais largura de banda na rede de acesso à fibra. A óptica coerente tem papel importante na velocidade do serviço, integrando tecnologias baseadas em pacotes com 100G - 800G no headend e hub e 100G - 200G em nós ou gabinetes externos. Isso é estrategicamente importante porque em muitos casos, a velocidade do serviço é o fator determinante para ganhar novas vendas de serviços ou para manter as receitas atuais.

Como a tecnologia coerente reduz custos e a complexidade? 

A óptica coerente permite melhor uso dos ativos de fibra (comprimentos de onda), que são especialmente valiosos na instalação de acesso.  Ela também facilita o gerenciamento de imensas redes de acesso WDM, transmitindo o máximo de dados possível por um comprimento de onda. 

O uso de tecnologias modernas de pacotes ópticos coerentes e de baixo consumo de energia é a chave para eliminar o custo total de propriedade e complexidade associados à implantação de pacotes e dispositivos ópticos separados. A tecnologia óptica coerente WaveLogic 5 ajuda as MSOs a cabo a dimensionar suas redes, do núcleo até a borda, com o espaço físico, energia e requisitos operacionais exatos de que necessitam para diferentes necessidades de transporte e acesso. Com as soluções WaveLogic 5 Extreme de desempenho otimizado e WaveLogic 5 Nano de espaço físico otimizado, as MSOs a cabo conseguem a escala, programabilidade e inteligência necessárias para obter redes que possam se adaptar prontamente às mudanças. 

Como a óptica precisa de hosts, o 5171 compacto, de acesso frontal, pouca profundidade da Ciena, equipado com o WaveLogic 5 Nano, é perfeito para gabinetes externos, implantação de agregação externa de 1/10/25/100 a 100/200 GbE, permitindo alta capacidade na borda externa. 

A tecnologia óptica coerente atende às necessidades da MSO a cabo com uma série de soluções coerentes em pacotes para economia de rede, alcance, custo, energia e espaço físico amplamente aprimorados.

Ciena's Fernando Villarruel talking to Alan Breznick