Os provedores devem passar por uma transformação que lhes permita ficarem livres dos processos de negócios manuais legados que limitam sua capacidade de inovar. E a única mega tendência que pode ajudá-los a se adaptar e transformar é a migração para a automação de rede inteligente, baseada em software e rede baseada em intenção.