Os provedores de rede devem modernizar suas redes para suportar a demanda crescente por conexões de internet cada vez mais rápidas, o aumento do número de dispositivos de streaming de mídia de alta resolução, a rápida mudança para a nuvem, a mobilidade e muitos outros novos serviços. Ao mesmo tempo, uma melhor experiência do usuário é exigida, à medida que os provedores de rede aceleram para permanecer competitivos. Como resultado, a agregação universal terá um papel cada vez maior na abordagem desses desafios, fornecendo maior capacidade e reduzindo os custos da rede.


Solução de Agregação Universal

Os desafios da infraestrutura de rede de vários fornecedores e camadas

Para a maioria dos provedores de rede, seu ambiente é muito desafiador, com vários fornecedores implantados para TDM, Ethernet, Rede óptica passiva (PON) e IP. Não é de se admirar que o desempenho e a confiabilidade sejam cada vez mais valorizados, já que os provedores devem configurar, modelar e otimizar manualmente os serviços de pacote enquanto mantêm os serviços de linha privada. A maioria desses ambientes são investimentos limitados, que dificultam o suporte, especialmente à medida que se torna mais difícil obter o equipamento associado e o suporte técnico. 

Outro desafio comercial para as operadoras de rede é ter que implantar várias plataformas para diferentes tipos de serviços. O gerenciamento de várias implantações de hardware e software interconectadas em ambientes complexos aumenta o custo operacional, a complexidade e as tarefas de solução de problemas. As margens do serviço continuarão a diminuir, resultando em pressões financeiras insustentáveis que afetam negativamente as margens e os resultados financeiros.

 

As arquiteturas tradicionais de rede TDM, Ethernet, PON e IP são estáticas, inflexíveis e incapazes de escalar com rapidez suficiente para suportar novos serviços de alta largura de banda e baixa latência. Adicionar capacidade ou implantar novos serviços geradores de receita, como IoT ou 5G, torna-se difícil ou impossível porque as operadoras de rede devem implantar hardware e software novos ou adicionais e construir redes de sobreposição adicionais para agregar tráfego de diferentes tipos de serviços. 

 

Construir e operar arquiteturas de rede autônomas para oferecer suporte a diferentes tipos de serviços (como linha privada, corporativa, móvel, residencial e fibra compartilhada ou serviços PON) cria um formato de rede cara, complexa e ineficiente que aumenta o CAPEX e o OPEX. Múltiplas arquiteturas de rede também significam maiores requisitos de gerenciamento e complexidade associados, o que reduz as margens e impacta negativamente os resultados financeiros.

As arquiteturas de rede tradicionais geralmente são incapazes de agregar tráfego de novos tipos de serviços sem implementações adicionais de hardware e software na rede. Isso afeta o time-to-market de novas receitas de serviço e reduz a satisfação do cliente para os clientes existentes, colocando em risco os atuais fluxos de receita lucrativos.

À medida que as operadoras continuam a desenvolver suas redes, seu objetivo é aumentar as velocidades de serviço, investindo pesadamente em suas redes de acesso para acomodar o crescimento futuro dos serviços e garantir que as velocidades anunciadas e os serviços superem a concorrência, evitando a expansão e complexidade da infraestrutura. As operadoras precisarão de uma arquitetura de rede que aproveite a agregação universal para atingir esse objetivo.  

O que é agregação universal?

A agregação universal oferece maior escolha e controle de ativos de valor comercial tangível, como Adaptive IP™, óptica coerente WaveLogic™ 5 Nano e outros ativos pluggables para fibra dedicada e compartilhada ou 10G PON. Ao suportar todos os serviços, a agregação universal amplia o espaço de aplicação e a competitividade do provedor de rede. Graças a isso, os provedores têm opções para ativar com menor ocupação de espaço, maior capacidade e maior escala de interconexão em plataformas de roteamento e comutação que automatizam e simplificam as tarefas de implantação e ativação.

Cada vez mais, as operadoras buscam soluções de agregação universal para resolver seus desafios de negócios. Com as velocidades, feeds e recursos de roteamento adequados para suportar o tráfego de vários tipos de serviço, incluindo linha privada, serviços corporativos, mobilidade, fibra compartilhada ou PON. A agregação universal unifica a infraestrutura de pacotes e transporte. Sendo uma abordagem de rede convergente, a agregação universal permite a agregação de tráfego de serviços TDM, IP e Ethernet usando fibra dedicada e compartilhada na mesma plataforma de roteamento e comutação econômica. O melhor de tudo é que a agregação universal permite uma infraestrutura programável simples, compacta, escalável e eficiente com transporte óptico coerente, comutação e recursos de roteamento para serviços agora e no futuro.

Os benefícios da agregação universal

As redes legadas atrapalham as oportunidades de crescimento da receita, consomem o orçamento e degradam a Qualidade da Experiência (QoE) do cliente, o que pode levar à perda de clientes existentes e/ou novos.

O valor da agregação universal é simples: a escolha. Uma solução de agregação universal evita que os provedores tenham que construir diferentes redes de acesso para serviços diferentes. Permite que os provedores escolham fibra diferente para serviços diferentes, em lugar de uma fibra unificada para esses mesmos serviços.  Os provedores podem escolher a agregação para alguns serviços ou todos os serviços, desde software de gerenciamento de rede (NMS) fechado até streaming de telemetria de código aberto. A agregação universal pode transformar o processo de evolução da rede para todos os serviços e pode fornecer os seguintes benefícios:

  • Aumentar a escolha e o controle do valor comercial
  • Usar menor espaço com maior capacidade e maior escala de interconexão
  • Automatizar e simplificar ainda mais a implantação e ativação
  • Ampliar o espaço das aplicações e a competitividade

A modernização de redes legadas para agregação universal cria uma rede mais inteligente e ágil - e uma infraestrutura mais preparada para a inovação que responde à demanda quando necessário. A Ciena oferece as melhores plataformas de roteamento e comutação, permitindo a escolha e o controle de ativos de valor comercial tangíveis, como óptica coerente, Adaptive IP e pluggables para fibra dedicada e compartilhada ou 10G PON.

Elimine as restrições e agregue mais valor à borda da sua rede hoje. Pergunte-nos como a Ciena ajuda a evoluir sua rede de roteamento e comutação.

O que há na sua rede?

Large play button overlay
Man talking with Adaptive IP at the background
Large play button overlay